Fatores que Formam um Vendedor de Sucesso

Como ter prazer para vender mais
13 de fevereiro de 2014
Foco no Resultado
13 de fevereiro de 2014
Mostrar tudo

Com uma experiência acima de 10 anos em vendas, e também pela oportunidade de ter treinado milhares de pessoas em diversas regiões do interior do Brasil nas áreas de atendimento, vendas e competências, acredito que existem alguns quesitos que formam um vendedor profissional de sucesso.

Acredito nestes quesitos, também, por ter estudado dezenas de autores, a maioria deles escritores de Best-Sellers, como por exemplo: Jeffrey Gitomer, Anthony Robbins, Philip Kotler, Ogg Mandino, Luis Paulo Luppa e outros.

Ninguém nasce vendedor; temos que tomar cuidado ao aceitar a idéia de que o bom vendedor é nato. Por quê? Nossos comportamentos são determinados basicamente por 4 os fatores: os genes, a experiência, o condicionamento e o significado que atribuímos para as coisas que nos acontecem. Se o vendedor é nato, ou seja, nasce “pronto” para vendas, então deveríamos considerar apenas o fator genes. Na verdade uma pessoa pode se tornar um bom vendedor, para isso é fundamental treinar algumas competências para atingir o sucesso em vendas.

Competência, conforme destaca Edson Gil, em seu livro, Liderança e Competitividade (2003), significa a combinação de conhecimentos, habilidades e atitudes. Ou seja, adquirindo alguns conhecimentos da área onde o vendedor atua diariamente, conhecendo com detalhes as informações sobre os produtos, e dominando algumas técnicas de vendas, já se tem o conhecimento necessário. E depois entram em cena as habilidades, o “saber fazer”, e as atitudes, o “querer fazer” – o comportamento que se escolhe para agir em vendas. Mas é claro que a principal atitude é a atitude mental, e é exatamente este fator que mais determina o início de qualquer sucesso em vendas. A atitude do individuo perante a vida sempre dependerá de sua atitude interna. Se a atitude interior for de confiança, coragem, determinação, o comportamento será resultado desta atitude mental, e, como conseqüência, melhores resultados. Se a atitude for pobre de recursos emocionais, o comportamento e o resultado também serão.

A seguir, alguns dos principais fatores que um vendedor de sucesso precisa ter:

1- autoconfiança. Ninguém alcança sucesso quando não acredita em si mesmo. A baixa auto-estima só atrapalha. É preciso que o vendedor se veja com uma postura de vencedor, porque o sucesso nunca será maior que a própria auto-imagem.

2- saber criar e identificar oportunidades de vendas. Enxergar além do comum, ou seja, ter a visão para perceber que seu produto ou serviço possui vantagens e benefícios que interessam as pessoas.

3- planejamento. Quando alguém constrói uma casa, basta pegar uma pilha de madeira, pregos, um martelo, um serrote e então começar a construir? Não, é necessário um projeto, um plano a ser seguido. Em vendas, quando você não planeja, então você está planejando fracassar.

4- habilidades interpessoais, ou seja, saber fazer conexão com as pessoas criando rapport e estabelecendo relacionamentos compensadores. É a habilidade de vender a própria imagem de maneira positiva.

5- habilidade de fazer perguntas para identificar o que realmente o cliente precisa, entendendo a diferença entre perguntas abertas e fechadas. Jeffrey Gitomer, em seu livro Bíblia de Vendas (2005), destaca que, “perguntar é a habilidade mais importante que um representante de vendas deve dominar. Perguntar adequadamente é o que faz a diferença entre vender e não vender”.

6- poder de influência para gerar uma negociação ganha x ganha, vendendo benefícios, e não apenas preço, sempre focando a lucratividade do negócio. Quando um vendedor sabe negociar com bons argumentos, vendendo valor, que é diferente de preço, os resultados aumentam consideravelmente.

7- ajudar o cliente a se decidir, preparando um contexto psicológico favorável que auxilie o cliente a ter a melhor escolha. Ter atitude para fechar um bom negócio para as partes envolvidas.

8- ser “gerente de clientes”. Saber que uma venda só começa depois da venda, com o foco voltado para a manutenção de uma boa relação com os clientes.

9- persistência. Nunca desistir diante de objeções, não desanimar com os “nãos” que naturalmente surgem no processo de vendas. Persistência é insistir com um bom propósito, e não ficar empurrando para o cliente o que ele não quer.

10- ser estrategista para agir com mais eficácia, ou seja, enxergar como o mercado se comporta, identificando também o que o concorrente faz.

Para adquirir competências que formam um vendedor de sucesso é importante “estar aberto” para aprender e se dedicar. Pelé não se tornou o melhor jogador da noite para o dia, teve que treinar muito. Portanto, lembre-se de que, se alguém conseguiu sucesso em vendas você também pode conseguir, mas para isso terá que combinar treino, tempo e competência necessária. Esqueça o paradigma do “vendedor nato” e comece a agir. Se você ficar acreditando nesta idéia de que, vendedor é nato, você se acomoda e acaba deixando de despertar o potencial que existe dentro de você para fazer sucesso em vendas.

1 Comment

  1. Gostaria que me enviasse esse artigo para meu imail
    Adorei!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *